Expedição de Ernest Shackleton

UMA LIÇÃO DE LIDERANÇA

O QUE SE FALA?

GESTÃO

 

DE PESSOAS

LIDERANÇA

VISÃO

EMPREENDEDORA

E muito mais...

Quem fala?

Renato Arléo

Empresário, navegante e profundo admirador das expedições de Shackleton, Renato Arléo já apresentou esta palestra em diversos eventos, faculdades e cidades, atendendo a diversos públicos: Empreendedores, universitários, engenheiros, navegadores... Uma palestra ilustrativa e diferenciada que extrai preciosas pérolas em forma de aprendizado.

 

Unindo o Storytelling ao conhecimento prático, a palestra enfoca na resolução de conflitos, gestão de pessoas, auto-conhecimento, empreendedorismo e formação de líderes, com as suas características, refletidas no comando de uma embarcação, equipe e expedição marítima-terrestre.
 

Uma palestra prática, que une o útil ao agradável, no maior estilo concebido por Confúcio:

"A palavra convence, o exemplo arrasta!"

  • YouTube ícone social

Engenheiro Civil, Empresário (Duomo Construções), Professor Universitário, Autor do livro "Construindo Para Vender" e Capitão em Navegação.

Introdução

   Nascido no Condado de Kildare, na Irlanda, Shackleton e a sua família anglo-irlandesa mudaram-se para Sydenham, uma zona dos subúrbios de Londres, quando ele tinha dez anos de idade. Sua primeira experiência nas regiões polares foi como terceiro-oficial na Expedição Discovery liderada pelo capitão Robert Falcon Scott, em 1901–04, durante a qual foi enviado para casa mais cedo devido a problemas com escorbuto. Determinado a dar a volta a este insucesso pessoal, regressou à Antárctida em 1907 à frente da Expedição Nimrod. Em Janeiro de 1909, ele e mais três companheiros efectuaram uma marcha para sul que estabeleceria uma nova marca Farthest South - latitude 88° 23′ S, a 180 km do Polo Sul. Por esta conquista, Shackleton recebeu o título de cavaleiro pelo rei Eduardo VII quando regressou a casa.

Ernest Henry Shackleton

Desafios

   Depois da corrida ao Polo Sul ter terminado em Dezembro de 1911, com a conquista de Roald Amundsen, Shackleton virou a sua atenção para aquele que ele considerava ser o último grande objectivo da exploração antárctica: atravessar o continente de mar a mar, passando pelo polo. Para prosseguir com este projecto, Shackleton preparou a Expedição Transantártica Imperial (1914–17). A expedição não correu bem, com o navio, Endurance, a ficar preso no gelo e, posteriormente, a ser lentamente esmagado mesmo antes da tripulação conseguir desembarcar. Seguiu-se uma série de explorações, e um salvamento in-extremis sem, no entanto, perdas humanas, que daria o estatuto de herói a Shackleton, embora não tivesse sido imediatamente claro. Em 1921, regressou à Antárctida, na Expedição Shackleton–Rowett, com a intenção de levar a cabo um programa científico. Antes mesmo de a expedição ter começado os seus trabalhos de pesquisa, Shackleton morreria de ataque cardíaco enquanto o seu navio, Quest, estava ancorado na Geórgia do Sul. A pedido da sua esposa, foi enterrado ali.

.

Ícone & Herói

   No século XX, Shackleton foi "redescoberto", tonando-se uma figura cultuada, um modelo de liderança que, em circunstâncias extremas, mantinha a coesão na sua equipa numa história de sobrevivência, descrita pela historiadora polar Stephanie Barczewski como "incrível". Suas qualidades de liderança chamaram a atenção no início do século XXI, principalmente devido ao sucesso obtido nas operações de salvamento da Expedição Transantáctica Imperial. Chegou a ser considerado como "O Líder do Século" por escritores e palestrantes. o seu carácter é resumido na última frase do livro Shackleton's Boat Journey, de F. A. Worsley, capitão do Endurance como "As suas características mais marcantes são o seu cuidado e atenção para com o bem-estar de todos os seus homens."

..

PLANTANDO UMA SEMENTE.

TODOS os lucros obtidos pela Duomo Cursos e pelo palestrante tem parte destinados à instituição "Obras Sociais Irmã Dulce - OSID". Parte do valor de capa dos livros também são doados, assim como uma parcela dos cursos.

É uma maneira prática de beneficência e estímulo a fazer deste mundo um lugar melhor. Conheça esta causa, faça você também a sua parte!

Deseja saber como levar essa palestra para o seu evento, faculdade ou instituição?

Entre em contato conosco!

ou pelo email contato@duomocursos.com

ou (71) 3249-0724 / (71) 98127-7428

Renato Arléo